A organização Começo de Vida promove ações que prezam o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas30/01/2017



Com uma missão social bem definida, a Começo de Vida, organização que atua no segmento de enxovais de bebê, investiu em coletividade e projetos voltados para as pessoas com o objetivo de conquistar as principais redes de produtos infantis do País. De Concórdia, Santa Catarina, a empresa mantém o espírito empreendedor para continuar crescendo no mercado ao mesmo tempo em que reforça sua responsabilidade social.

SONY DSC

Justamente por isso, a Começo de Vida foi destaque no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios (2010 e 2011) e no MPE Brasil – Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas (2015). “O investimento em conhecimento e capacitação sempre foi uma característica marcante da nossa gestão”, comenta a empresária Cláudia Marcon. “Acreditamos que o bem viver e a prosperidade estão intimamente relacionados com a educação. Por isso, custeamos cursos técnicos, superiores e de pós graduações de nossas colaboradoras”, reforça a diretora executiva.

A relação de respeito e a preocupação com as colaboradoras ao longo dos anos foi fundamental para o crescimento organizacional e a criação de projetos sociais. “Deixo claro às colaboradoras que a empresa é a soma de todos os talentos nela empreendidos diariamente”, pontua Cláudia. Em 2014, por exemplo, a ação social mais importante diz respeito justamente ao bem-estar das funcionárias.

SONY DSC

Na época, a empresa percebeu que elas externavam o desejo de frequentar uma academia, entretanto, o custo, a distância e o tempo impossibilitavam a prática. Tomando conhecimento dessa realidade, a Começo de Vida elaborou o projeto “Lindas”, que propõe a prática de “ginástica estética” nas dependências da empresa, depois da jornada de trabalho e com orientação de um profissional de educação física. “A fábrica transforma-se em academia e oferece, de forma personalizada, ambientes seguros previamente planejados para essa prática, equipamentos específicos e orientação especializada”, explica Cláudia.

Conectado ao “Lindas”, a organização investe em uma outra ação em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI): o “Saúde da Mulher”. Nesse projeto, são feitos o controle de exames básicos, palestras e abordagens da mulher no aspecto físico e psicológico. “Fazemos investimentos que promovem o bem viver na empresa, na família e na sociedade”, destaca a executiva.

Desde 2010, a Começo de Vida também fortaleceu ainda mais a sua relação com os consumidores e com a sociedade por meio do projeto “AMAMENTE”, que incentiva o aleitamento materno e promove a saúde da mulher e do bebê. “Além das matérias veiculadas nos blogs da empresa, criamos um selo, que é estampado nas embalagens dos nossos produtos, para dar mais visibilidade para a ação”, comenta Cláudia.

O projeto também conta com a parceria do Hospital São Francisco (SUS) e da Unimed, onde são realizados cursos para as gestantes e apresentados os benefícios da amamentação. “Além disso, o “AMAMENTE” também apoia as ações da AMAR, uma associação reconhecida que dispõe de um banco de leite materno à disposição da comunidade de Concórdia e região”, orgulha-se a executiva.

fabrica_claudia

Ao observar a trajetória da Começo de Vida e os projetos realizados em quase 20 anos de atuação no mercado, Cláudia preserva os princípios éticos da empresa e trabalha para promover o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas. “Mesmo em momentos de instabilidade, tenho na alma a certeza de um sonho maior, de novos desafios e vitórias. Como mulher empreendedora, meu olhar está no futuro. Quero continuar no exercício constante do ‘aprender a aprender’ e a aplicar os meus talentos para a construção de um mundo melhor”, finaliza Cláudia.

Autor: FNQ
Fonte: http://www.fnq.org.br/informe-se/artigos-e-entrevistas/cases-de-sucesso/a-forca-da-gestao-na-relacao-entre-organizacoes-e-sociedade